Em sua origem a palavra Psicologia deriva dos termos gregos “psyche” que equivale a alma ou espírito e “logos” que poderia ser traduzido por estudo ou compreensão. Assim sendo a palavra Psicologia equivaleria a “compreensão da alma” ou “estudo da alma”.

Com origens na Grécia antiga (~400-500 a. C.), grandes pensadores como Platão, Sócrates e Aristóteles já buscavam entender a alma humana; ela passou a ser tratada como disciplina separada da Filosofia com Wilhelm Wundt (1832-1920) a medida que ele passou a analisar o funcionamento da mente de maneira mais estruturada.

A Psicologia como a conhecemos hoje passou a adquirir seus contornos através da psicanálise de Freud (1856-1939) e de aproximações psicodinâmicas baseadas nas teorias de Jung (1964), Adler (1927) e Erikson (1950).

A Psicologia busca descrever, explicar, predizer e em alguns casos até mudar o comportamento humano. O profissional busca colocar o conhecimento em prática no auxílio das pessoas e do meio em que estão inseridas, na resolução de problemas reais, sempre com a meta de cuidar da saúde mental e trazer o máximo de bem estar.

Dra. Edena de Jesus Silva Cossa

Referências:
[1] https://www.dicionarioetimologico.com.br/psicologia/
[2] McLeod, S. A. (2019). What is psychology? Retrieved from https://www.simplypsychology.org/whatispsychology.html
[3] https://www.psychology.org.au/for-the-public/about-psychology/What-is-psychology

Foto: Toa Heftiba @heftiba